O dia que não acabou... - Bola em Jogo

O dia que não acabou…

O futebol brasileiro entrou, no dia 08 de dezembro de 2012 , na era das arenas multiuso .E o Grêmio, como sempre, na vanguarda do futebol gaúcho.

A Arena Tricolor foi inaugurada com show multimídia do grupo norte-americano Blue Man, reunindo apresentações de teatro e música, homenagens diversas, queima de fogos e o jogo entre Grêmio 2 X 1 Hamburgo, da Alemanha, revivendo a final do Mundial Interclubes de 1983. Um dos objetivos desta programação variada era justamente apresentar ao público o conceito multiuso.

Ao entrar na Arena fiquei impressionado. Ela é surpreendente em todos os quesitos.  Aproxima, e muito, o torcedor do gramado. A primeira fila de cadeiras dos quatros andares da arquibancada tem 10 metros de distância da linha do campo. 250 banheiros, divididos igualmente para homens e mulheres(90 destes com acessibilidade total). Dois telões de 96 m2 cada de alta resolução. Refletores que deixam o campo com sobra zero e uma iluminação impressionante. 58 bares e  ainda terá 2 restaurantes panorâmicos, ou seja, conforto total. Claro que ainda faltam alguns ajustes, mas em breve tudo estará pronto.

Para descrever a emoção do evento faço uma adaptação na frase do palmeirense Joelmir Beting: “Explicar a emoção para um GREMISTA, é totalmente desnecessário. E a quem não é GREMISTA… É simplesmente impossível!”.

Começou a Nova Era Tricolor.

 

PS: Na foto estou com Júlio César Möller, ex cônsul do Grêmio, que foi quem me convidou para entrar no Consulado Gremista de Gravataí em 2005.