Tiarajú na final da Série Ouro em Cachoeirinha

O Campeonato Municipal Série Ouro de Cachoeirinha, como já era previsível, teve novo jogo polêmico na tarde de domingo, dia 29/11. Tiarajú e Onze Unidos se enfrentaram pela semifinal, no Campo do Amopam, apesar do forte aparato de segurança, o jogo não terminou por falta de segurança.
Infelizmente o clima criado nos últimos dias, sobre este jogo foi tão grande que não poderia terminar diferente, novo tumulto que poderia ter sido patrocinado por qualquer uma das duas equipes, só que desta vez o tumulto iniciou com o Onze Unidos, um clube que vem crescendo muito em Cachoeirinha, que nestes últimos anos buscando voos mais alto, como disputar competições a nível Estadual, como foi com sua equipe feminina e a participação do masculino no Gauchão de Várzea.
O Tiaraju, dono de uma grande torcida é com justiça o finalista da Série Ouro, vai enfrentar o Reunidos no próximo domingo.
O Tiarajú começou a partida pressionando o Onze. Jean aproveitou cruzamento da direita e fez de cabeça 1 a 0. Ainda no primeiro Jean, aproveitou rebote do goleiro Didi e fez 2 a 0. Morungava em forte chute de fora da área fez o 3 a 0.
Logo no início do segundo tempo o jogo foi interrompido. O time do Onze reclamou bastante de uma jogada onde a bola teria passado a linha do gol. O Auxiliar não validou o gol e o tumulto foi iniciado.
O trio de arbitragem encerrou a partida por falta de segurança e foi escoltado até o vestiário. Fora de campo, a Brigada Militar teve que usar gás de pimenta para conter torcedores mais exaltados do Onze.
Os incidentes serão analisados pela direção da Limudes a partir da súmula do árbitro.
A segurança no campo do Amopam contou com 15 Guardas Municipais e 10 Policiais da Brigada Militar.
Mais informações no http://limudes.blogspot.com.br/