RELEMBRANDO 2010 - Santa Fé campeão do Sindilojas - Bola em Jogo

RELEMBRANDO 2010 – Santa Fé campeão do Sindilojas

 Relembramos nesta matéria, um dos maiores torneios de futsal realizado pelo André Cunha, a Copa SESC/Sindilojas de Futsal, no Paladino TC, com o Santa Fé/Bola 1000 conquistando o título ao vencer o ADM na final.

A reportagem do Bola em Jogo presente, assim descreveu este evento:

O Santa Fé/Bola 1000, o “time da virada”, conquistou de forma exuberante a Copa SESC/Sindilojas de Futsal, disputada no complexo do Paladino Tênis Clube nesse domingo (30/11), organizada por Cunha Torneios e Eventos.

O Santa Fé, que na ocasião representou o Bola 1000 – todas as equipes deveriam representar empresas ou entidades constituídas – marcou seu título pelo poder de reação. Nas quartas e semifinais, sempre via o adversário sair na frente, ou estar à frente no placar. Com raça e bom futsal, a equipe virava, ou no mínimo levava aos pênaltis, contando com o goleiro Wagner, em dia inspirado.

Competição equilibrada

Foi realmente um grande torneio, com belas equipes disputando jogos equilibrados. Algumas equipes surpreenderam, outras reafirmaram a boa fase.

O Sotlog, de Esteio, foi uma bela surpresa. A equipe foi a melhor da primeira fase e de quebra, eliminou o River Braz nas quartas-de-final por 3 a 0, com atuação impecável. O Hermanos, representando o Paladino, novamente mostrou seu potencial ao chegar às semifinais da competição. Destaque para a ADM, de Três Coroas, que representou a Revista Bola em Jogo. Com apenas sete atletas no plantel a equipe chegou à final, mas com muito desgaste físico não foi páreo para o Santa Fé.

Após semifinais nos pênaltis Santa Fé é campeão com goleada

Enquanto em uma quadra Santa Fé/Bola 1000 e Sotlog mediam forças, na outra era Hermanos/Paladino e ADM/Bola em Jogo que disputavam com muita qualidade a vaga às finais.

O Santa Fé chegou a estar perdendo por dois gols de diferença, mas buscou o placar, reverteu e, nos pênaltis, garantiu, contra o Sotlog, vaga às finais. Era a chance de entrar de vez, para a galeria dos grandes campeões regionais, já que o Santa Fé é, talvez, a equipe mais vitoriosa da região em 2010.

Na outra semifinal a excelente equipe ADM/Bola em Jogo protagonizou uma partida emocionante com o Hermanos, campeões da Taça 83 Anos Paladino. Após a ADM virar o marcador, no último minuto o Hermanos empatou.

Pouco antes ocorrera um lance que determinou a atuação da ADM na final. O ex-jogador do Barcelona Futsal/ESP, Pereira, acabou se envolvendo em uma discussão com um dos atletas do Hermanos e foi expulso. Nos pênaltis, o ADM Bola em Jogo garantiu vaga à final, com duas defesas do goleiro Dani, além do próprio ter convertido o pênalti derradeiro.

Na final, duas equipes que, de alguma forma, ultrapassaram dificuldades, passaram por outros favoritos e, com justiça, tiveram a oportunidade de duelar pelo título.

O ADM Bola em Jogo veio de Três Coroas com apenas um reserva, e poucos minutos antes havia jogado contra o Hermanos, perdendo, inclusive, o seu melhor jogador: Pereira.

O Santa Fé, do Leandro, apontado pelo Prêmio Bola em Jogo com um dos destaques do futsal da região em 2009/2010, queria mostrar aos críticos a real qualidade de uma equipe que decidiu praticamente todos os torneios que disputou este ano.

Quando o jogo começou, logo se viu a superioridade física do Santa Fé, ainda que as duas equipes fossem qualificadas tecnicamente. Anderson, o craque do torneio abriu o marcador, Tiquinho marcou três vezes, Anderson novamente marcou e ainda sobrou espaço para Ceará, um dos destaques da equipe marcar. No fim, 6 a 0 para o Santa Fé/Bola 1000, e a certeza de uma indicação justa da equipe ao Prêmio Bola em Jogo, onde disputa até o dia 1º de setembro, em votação pelo site Bolaemjogo.com.br com River Braz e Mercosul, o título de Destaque do ano.

O evento contou com a presença do Leandro Damião, que muito simpático, que deve ter cansado de tantas fotos com seus admiradores.

Escalações:

Santa Fé/Bola 1000: Wagner, Júnior, Ceará, Anderson e Tiquinho. Técnico: Tonho. Suplentes: Leandro Figueiró, Bruno, Léo, Michel, Jean, Xandi e Rodrigo.

ADM/Bola em Jogo: Dani, Bagé, Pepeca, Iélio e Mickey. Técnico: Marcos. Suplentes: Pereira e Jonas.